ANIVERSÁRIO DE CRIAÇÃO DA COMPANHIA INDEPENDENTE DE POLÍCIA MILITAR MÚSICOS

5° aniversário de criação, comemorando em 24 de abril de 2011.

Síntese Histórica
CIPM-Mus
“Sou servido mandar adicionar à organização da Divisão Militar da Guarda Real de Polícia desta
Côrte, que houve criar pelo meu Decreto de 13 de maio de 1809, um Tambor-mór da Divisão, e um
pífaro em cada uma das três companhias de infantaria. O conselho superior Militar o tenha assim
entendido e faça expedir os despachos necessários. Palácio do Rio de Janeiro, em 20 de setembro
de 1810. Com a rubrica do Príncipe Regente Nosso Senhor”.
Com a criação da Guarda Real de Policia, em 13 de maio de 1809, foram logo
introduzidos instrumentos à nova corporação. Em 1815, as bandas passaram a ter 04 clarinetas -
dentre as quais um destes era o maestro da própria banda, 01 requinta, 02 trompas, 01 clarim, 01
fagote, 01 trombão, 01 bombo e 01 caixa de rufo. O Decreto Imperial em 10 de junho de 1866 criou
a Banda do Corpo Militar de Policia da Côrte, que era composta por 30 músicos instrumentistas 02
maestros e era tida como uma das melhores da época, conforme relata o escritor Vicenzo
Chernicchiaro, em seu livro “Stória D’ella Musica nel Brasil”. Em 1924 o serviço musical estava
presente em cada Batalhão da Polícia Militar do Distrito Federal (nome da PMERJ entre os anos de
1920 a 1960). Para a realização de concertos de vulto todos os músicos eram reunidos formando um
só grupo denominado “
1962, foi criada Companhia de Músicos, tendo como seu primeiro Comandante o Cap Mus Oscar
da Silveira Brum. Em 24 de abril de 2006, através da Resolução da Secretaria de Segurança nº 0855
foi criada a Companhia Independente de Polícia Militar Músicos (CIPM-Mus), durante o Comando
do Major PM Músico Antônio Carlos Rosa.
Seu atual Comandante é o Capitão PM Músico Ronaldo Almeida da Silva.
Grande Conjunto Musical” Através da Lei n°263, de 24 de dezembro de


0 comentários: sobre ANIVERSÁRIO DE CRIAÇÃO DA COMPANHIA INDEPENDENTE DE POLÍCIA MILITAR MÚSICOS

Postar um comentário